Um site para quem precisa da Verdade
ARTIGOS (Robustecendo a Fé)
O Natal de José

Mauro Clark


- Como é possível Maria ter feito isso comigo? Todos sabem que ela é minha noiva e comprometida a casar comigo. E agora aparece grávida. Minha querida virgenzinha, grávida! Traição dói tanto! Ainda acho que estou vivendo um pesadelo. Ela é uma moça tão virtuosa, tão comportada, tão digna. O que farei? Não consigo nem pensar em pedir às autoridades religiosas que apliquem a lei e mandem apedrejá-la. E nem denunciar a infidelidade, expondo-a a uma terrível humilhação pública. Já sei! Vou embora. Sumirei daqui para sempre. Nunca mais verão meu rosto. Simplesmente não consigo suportar isso.

E José adormece.
Parece estranho que o filho de Deus estivesse vindo ao mundo causando problema tão grave ao casal que o acolheria. Mas José precisava ser exercitado espiritualmente a fim de se preparar para a tremenda responsabilidade que lhe aguardava. Afinal, ele teria de proteger a criança da feroz perseguição de Herodes. Teria de instruir o Menino nos primeiros passos da vida. Teria de dar todo o apoio a Maria, que ficaria com sua reputação arranhada perante muitos que não creriam no nascimento virginal de Jesus. O fato é que Deus precisava fazer de José um gigante espiritual. E nada melhor para crescer na fé do que um grande problema.

E José sonha.
Sonha, literalmente, com um anjo. O poderoso Gabriel confirma a gravidez de Maria. E revela uma notícia estarrecedora: a criança não tinha sido gerada por homem algum, mas pelo próprio Espírito Santo. O filho de Maria não seria um homem comum, mas um “ente santo”, o Filho de Deus (Lc 1.35), o próprio Salvador daqueles que nele creriam. Em suma, ele seria o próprio Deus entre os homens! A instrução do anjo era clara: José, não mude os planos do casamento e receba Maria como sua mulher.

Contraste brutal entre o que José pensara e o que havia realmente acontecido. Em vez de uma esposa infiel, ele tinha uma mulher bendita entre todas as mulheres. Em vez de um filho ilegítimo, proveniente de um adultério, em sua casa nasceria o Filho de Deus, gerado pelo Espírito Santo, e que seria o Salvador da humanidade.

José acorda. Aliviado. Feliz. O mais feliz noivo do mundo. E obedeceu. Acolheu novamente Maria e, quando nasceu o menino, lhe pôs o nome de Jesus.

Meu eu não recontei a história de José, simplesmente para lhe fazer lembrar tão conhecido e tocante relato bíblico. Meu desejo é que o Espírito Santo utilize a força das poderosas virtudes de José (fidelidade e cuidado com a noiva, mansidão, sabedoria, obediência a Deus) para edificar o seu coração. Aceite esse estímulo como o meu presente de Natal!

 



Ministério Falando de Cristo
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." (1 Co 1.24b)
Copyright 2004-2012. Todos os direitos reservados. http://www.falandodecristo.com