Um site para quem precisa da Verdade
ARTIGOS (Semeando a Palavra)
Caminho de vida

Mauro Clark


Falamos em nosso último artigo sobre o versículo “Há caminho que parece direito ao homem, mas afinal são caminhos de morte”. (Pv 16.25).
Lembramos que o homem tem o mau costume de traçar o seu próprio caminho em assuntos espirituais, embora não tenha capacidade de entender as coisas de Deus.

Interessante: ao usarem o ditado “as aparências enganam”, as pessoas reconhecem que não são confiáveis na capacidade de distinguir o falso do real, mesmo em coisas desta vida. Mas na área espiritual, que transcende à própria inteligência, quando estão em jogo  valores eternos, em vez de serem duplamente cautelosos, vão de “peito aberto”. Esquecem que os caminhos para a “outra vida” também podem parecer uma coisa e serem outra.

Sabe o que acontece com muitos que imaginaram as estradas de um jeito, mas se enganaram? Cruzes nas beiras de estradas. E muitos deles foram avisados - por pessoas ou pelas placas de sinalização. Mas não deram valor aos alertas. O preço pago foi a morte.

Meu amigo, cada vez que abre a sua Bíblia, você se depara com placas de sinalização divinas, advertindo do perigo de traçar o seu próprio rumo. Cuidado, muito cuidado...
Veja: “O caminho do insensato aos seus próprios olhos parece reto, mas o sábio dá ouvidos a conselhos”. (Pv 12.15). De quem você acha que o sábio ouve conselhos? De quem entende, é lógico! Deixemos a construção do edifício com o engenheiro; a cirurgia, com o médico; a viagem pela selva perigosa, com o guia experiente.

Mas...  a viagem pela estrada da vida, quem vai guiar? “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para os meus caminhos” (Sl 119.105). Resposta: a Bíblia. Ali está o próprio Deus falando. E é ali mesmo que Jesus Cristo disse: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. (Jo 14.6).

Note que o versículo que citamos no início (Pv 16.25) e este, Jo 14.6, falam do mesmo assunto, mas o apresentam sob ângulos opostos. Um  fala em Caminho-Homem-Morte, o outro em Caminho-Cristo-Vida! É claríssimo o contraste: quando os homens confiam em seus próprios caminhos, o que encontram é a morte; mas quando seguem pelo único caminho que leva a Deus - Cristo - encontram a vida!
A estrada aberta por Jesus Cristo, com o custo da própria vida, dá acesso direto ao céu. É segura, sem curvas traiçoeiras, sem pontes caídas, sem areia movediça, sem abismos e, sem cruzamentos, pois é única.
Os caminhos de morte seguidos pelos homens podem se cruzar entre si, mas jamais com o Caminho da Vida. Neste caminho só existem apenas o ponto de partida (a fé) e o ponto de chegada, os céus. Dizer que existem vários caminhos até Deus é lenda, inventada pelo Diabo e repetida pelos que ignoram ou rejeitam o ensino cristalino de Jesus.

Meu amigo, se você ainda perambula pelas velhas estradas que conduzirão à morte, abandone-as logo. E passe a caminhar pelo bendito Caminho, Cristo, que lhe levará seguramente ao céu.



Ministério Falando de Cristo
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." (1 Co 1.24b)
Copyright 2004-2012. Todos os direitos reservados. http://www.falandodecristo.com