Um site para quem precisa da Verdade
PREGAÇÕES

Frente aos Efeitos do Pecado (ACJ-17)


Mauro Clark - 01/10/2017
33 minutos




João 11.28-36; Mateus 17.14-18

FRENTE AOS EFEITOS DO PECADO (ACJ – 17)

Jo 11.28-36; Mt 17.14-18

 

Série AGINDO COMO JESUS: ênfase NÃO nos ensinos e doutrinas, mas na ATITUDE, no COMPORTAMENTO dEle, para IMITÁ-LO em situação semelhante.


Não é novidade que o mundo está cheio de pecados.

Os efeitos do pecado são vistos a todo momento: doenças, morte, violência sem controle, imoralidade cada vez mais explícita e debochada, desonestidade, etc.

Como você tem reagido internamente a esses efeitos tão visíveis dia a dia, ao seu redor?

Vejamos essas duas situações em que Jesus expôs seus sentimentos e se auto-avalie.


Jo 11.28-36

Três verbos quanto à reação de Jesus à cena do amigo morto, irmãs e amigos chorando.

Agitou-se no espírito: εμβριμαομαι embrimaomai: encarregar com séria admoestação, instruir com rigor, criticar duramente.

Jesus ficou intimamente indignado.


Comoveu-se: grego: perturbar, impacientar, tirar paz mental, causar comoção.

Chorou: talvez não foi propriamente com saudade de Lázaro, pois Jesus estava a poucos minutos de vê-lo novamente, ressuscitado.

Ninguém chora de saudade vendo avião pousando com parente.

Numa valiosa demonstração da Sua humanidade, Jesus extravasa seu sentimento de tristeza, indignação pelo estrago que o pecado fez no mundo:

Rm 6.23: salário do pecado é a morte.


Mt 17.14-18

O pai angustiado com o filho daquele jeito, sofrendo mental e fisicamente.

Os discípulos, impotentes para lidarem espiritualmente com o problema.

v. 17: brado de desabafo pelo Seu próprio sofrimento em estar no meio de tanto pecado.


Observe a ótica pela qual via aquela geração:

incrédula = sem fé, que não confia em Deus ou infiel

perversa: διαστρεφω diastrepho: torcer, desencaminhar, desviar; perverter, corromper.

Jesus achava torturante ter que aguentar a vida aqui na terra, com tanto pecado ao redor.

Sofrerei: ανεχομαι anechomai: sustentar, carregar, suportar (entre outros).

Ou seja: “Até quando terei de suportar vocês?” – Pergunta muito forte.


E você, como reage ao verificar o efeito do pecado neste mundo?

Quantas vezes já suspirou internamente, indignado por tanta coisa errada?

Quantas vezes já chorou ao ver o efeito do pecado na vida de alguém, conhecido ou não?

Quantas vezes já se sentiu sufocado em ter de viver em ambiente tão contaminado, onde é difícil de aspirar as coisas de Deus?


Ou já viu tanto que se acostumou, não se sente mais incomodado? Ou até gosta?

Se quiser ser imitador de Jesus, leve a sério o modo como você reage ao pecado ao seu redor.

 

Que Deus nos abençoe. Amém



Ministério Falando de Cristo
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." (1 Co 1.24b)
Copyright 2004-2012. Todos os direitos reservados. http://www.falandodecristo.com