Um site para quem precisa da Verdade
PREGAÇÕES

Ele tem de vir reinar no Milênio - Ap 1.5-7 (4a.)


Mauro Clark - 04/02/2018
66 minutos




Apocalipse 1.5-7a

Ap 4ª. – Ele tem de vir reinar no Milênio!  - Ap 1.5-7a

Ap 1.5-7a

 

Terminamos falando na doxologia de João, iniciada no v.5b, mas não a examinamos.

v.5b-6

A Pessoa divina a quem João oferece o hino é descrito de três maneiras:

a. Nos ama

b. pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados

c. nos constituiu reino, sacerdotes para o seu Deus e Pai

Evidentemente trata-se de Jesus Cristo.

Cada item desse daria uma pregação!

a. Falar do amor de Cristo é um mundo! Lembre-se todo dia: Cristo me ama!

b. O amor dEle O levou a uma ação: nos libertar. E para isso teve de morrer numa cruz.

c. Já está falando no reino de Cristo novamente, agora dizendo que nós faremos parte do reino dEle!

Sacerdotes: falaremos na próxima referência ao assunto em Apocalipse.

 

...  a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém

Interessante: um hino assim é um misto de desejo pessoal de João com uma profecia.

E a palavra Amém dá exatamente o tom de profecia, pois significa: assim seja, é verdade, de fato, que assim se faça - como que afirmando que isso irá acontecer.

“Amém” é usada várias vezes no Apocalipse. A próxima é no próximo versículo.

 

Tudo bem, nós faremos parte reino dEle, mas que reino? Onde será? Quando?

A Ele seja dado domínio, mas domínio onde? Quando?

 

v.7

Eis que vem com as nuvens...

Esse “vem” só pode ser para cá, para a Terra.

É aqui na Terra onde Ele irá reinar (ou pelo menos começará a reinar).

É aqui na Terra onde receberá domínio

 

... com as nuvens

Nuvens é muito citado na Bíblia para enfatizar presença e glória de Deus:

Aqui lembra Dn 7.13

Opiniões diversas: nuvens literais, místicas ou referindo-se a anjos/crentes.

Prefiro a literal.

 

Vemos, então, que, após o brado de louvor, João faz uma profecia, que na realidade é uma confirmação de dezenas de outras profecias sobre o que talvez seja o assunto mais importante para todo ser humano saber, depois da possibilidade da salvação que Cristo realizou na primeira vinda. O assunto é: Cristo voltará para a Terra.

 

... todo o olho o verá

Não mais um nascimento humilde, quase escondido, numa manjedoura malcheirosa.

Não mais um ministério discreto, de retiradas, e evitando confronto com as autoridades.

Não mais um ministério circunscrito a um pequeno país e redondezas.

Agora um retorno altamente visível, de tremendo impacto mundial.

E dentro de um contexto excepcional: o Arrebatamento terá ocorrido há poucos anos antes e a Terra estará extremamente sofrida por causa dos horrores da Tribulação.

 

O fato é que quando Deus quer fazer uma coisa discreta, Ele faz.

E quando quer fazer algo notório, Ele também faz, a ponto de ir para o extremo de dizer que todo olho verá.

Deve se referir à 2ª. etapa da 2ª vinda, sendo a primeira, a vinda para o Arrebatamento.

 

Como será que todo olho verá?

Não sabemos. Sugestões:

* Televisionada, filmada.  

* Será uma cena altamente gloriosa e luminosa, ou que envolverá toda a terra de uma vez, ou durará pelo menos de 24horas, permitindo a Terra girar 360º e todos verem.

 

Seja como for, todos os habitantes da Terra saberão que Cristo estará voltando.

E é compreensível que Deus queira assim.

Afinal, havia muitas pendências de Deus para com a humanidade:

* Cristo disse que voltaria

* Faltavam se cumprir muitas promessas de Deus a Israel, especialmente fazer sentar no trono de Davi um rei, descendente de Davi, que reinaria para sempre.

No Apocalipse ficamos sabendo que esse reino seria de mil anos, antes da Nova Terra.

* Deus prometeu que o Messias livraria Israel de todos os seus inimigos políticos e que Israel se tornaria a nação mais poderosa e importante da Terra.

* Deus disse que o lobo habitaria com o cordeiro, o leão comeria palha como o boi (Is 11.6-9) e outras promessas referentes à Criação, que não se cumpriram.

* Faltava vir o grande rei profetizado por Daniel, que iria destruir o reino dos últimos tempos que teria pés de ferro e barro, e que iria reinar para sempre.

* Seria inadmissível que tudo o que a humanidade conhecesse de Jesus Cristo fosse limitado ao Seu primeiro ministério na Terra, humilde e sofredor. Esse aspecto dEle foi provisório e está no passado.

Muito mais significativo e compatível com a glória dEle é o estado exaltado, poderoso.

A humanidade estava precisando conhece-Lo assim, como Rei, reinando com amor e com mão de ferro ao mesmo tempo.  

* Cristo concordou com o ladrão convertido na cruz ao lado, que o traria quando voltasse no reino dEle, Cristo. Está faltando isso.

* Algumas bênçãos prometidas aos crentes nas bem-aventuranças, se referiam à vida na Terra e aguardam cumprimento (herdar a Terra, justiça, paz).

* Cristo prometeu a gentios crentes que reinariam com Ele (Mt 25). Está faltando.

Muito poderíamos falar sobre os motivos para Cristo voltar. Ou melhor, a necessidade de Cristo voltar.

Continuaremos na próxima pregação.

 

Que Deus nos abençoe. Amém



Ministério Falando de Cristo
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." (1 Co 1.24b)
Copyright 2004-2012. Todos os direitos reservados. http://www.falandodecristo.com