Um site para quem precisa da Verdade
PREGAÇÕES

Ap 14a - Entra, Senhor, vem cear comigo - Ap 3.19-22


Mauro Clark - 06/05/2018
56 minutos




Apocalipse 3.19-22

Entra, Senhor, vem cear comigo!

Ap 3.19-22


Laodicéia, cidade rica, perto de Colossos.

Igreja deve ter sido fundada na época de Paulo (citada em Cl 4.15-16).

Para a igreja de Laodicéia, Cristo tinha apenas críticas e reprovações, embora perspectivas maravilhosas.


Igreja não era fria nem quente: dizia ser uma coisa e não era, apenas de boca, pela metade, morna.

A igreja dizia ser duas coisas:

* Rica e abastada

* Autossuficiente: Não preciso de coisa alguma

Orgulho, arrogância, confiança nas coisas materiais, nada poderia lhe faltar. Apegadíssima ao mundo e total descaso pelas coisas espirituais.


Mas Cristo contradiz, dizendo que a igreja de fato nem sabia que era.

Na realidade, era, infeliz: (miserável), digna de compaixão, pobre, cego e nu

Contraste brutal entre o que ela ERA e o que SE ACHAVA!

Resultado: Cristo estava a ponto de vomitá-la da boca.


Neste ponto, guinada nas palavras de Jesus, que mostra o caminho, a solução.

Aconselhava que a igreja comprasse (negociasse) dEle:

* Ouro refinado (virtudes). Seria de graça mas a um certo custo, que perguntei mas responderei apenas hoje.

* vestiduras brancas para te vestires: obras de justiça, de serviço, de testemunho.

* colírio para ungires os olhos...: visão espiritual junto com muita humildade.


Jesus explica por estar sendo tão duro:

Eu repreendo e disciplino a quantos amo

Chave: verbo AMAR! Tanta indignação, tanta repreensão, porque Cristo os amava!

Falta de disciplina é falta de amor.


O caminho para obter aquelas coisas dEle e ser plenamente restaurada. Duas atitudes:

1. Sê, pois, zeloso: voltar o coração para Cristo novamente e, deixar-se queimar de ardor pelas coisas dEle e as buscar avidamente.


Mas... faltava algo, sem o qual nada o caminho da restauração continuaria totalmente vedado e jamais nasceria zelo novamente na igreja:


2. ... e arrepende-te

Arrependimento: das cinco igrejas que Cristo reclamou alguma coisa, em TODAS Ele exigiu arrependimento.

Arrependimento: 1º. passo para se aproximar de Deus: Mt 3.1-2; 4.17; At 2.37-38; 17.30

Mas, o importante aqui não é arrependimento para salvação, mas para restauração espiritual, regularizar a situação com Cristo.

Esse é o CUSTO de que falei antes.

O arrependimento sincero iria levá-los a cair aos pés de Cristo, lamentando, orando, decepcionados consigo mesmos, profundamente humilhados, pedindo perdão, prometendo outro rumo.

Arrependimento de crentes: Davi: Sl 32.1-5; 39.7-13; Pedro: choro e confissão de amor: Mt 26.75; Jo 21.15; geral: Tg 5.16;


De maneira misteriosa, esse arrependimento, embora fosse deles, somente seria possível pelo trabalho do Espírito Santo no coração deles (Rm 2.4)


A esta altura, o coração de Jesus parece transbordar de ternura, só com a possibilidade da igreja seguir a Sua orientação.

E fala de uma doce consequência, caso obedecessem:


v.20

Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.


Antes de tudo, este versículo não retrata Cristo oferecendo salvação a um perdido.

O que Ele está oferecendo é COMUNHÃO à pessoa.

E a primeira coisa que Ele oferece a um pecador destinado ao inferno, não é comunhão, mas perdão, limpeza (regeneração). Se a pessoa aceitar e se humilhar, será perdoada.

Então entrará na família de Deus, habitação do Espírito Santo, e aí sim, em condições de ter comunhão com Cristo.


Mas aqui, o que temos é um quadro meigo de Cristo buscando a comunhão com um crente de Laodicéia que havia fechado a porta para Ele.

Interessante: Cristo acabara de dizer que estava quase vomitando aquela igreja da boca!

Contraste fortíssimo! Mas esse seria o efeito do arrependimento e do retorno do zelo.


O arrependimento é tão poderoso que iria substituir a ira de Cristo por candura, a ponto de Ele tomar a iniciativa de buscar a comunhão com o crente arrependido.

... estou à porta e bato: trabalho do Espírito Santo no coração.

... se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta: implícita a triste opção do crente frio ser tocado pelo Espírito Santo e mesmo assim NÃO abrir a porta para Cristo.

... entrarei em sua casa e cearei com ele e ele comigo: indicação de grande intimidade, comunhão gostosa, amiga.


Obviamente isso é aplicável para qualquer crente, em qualquer época!

Está frio espiritualmente? Arrependa-se, deixe Cristo voltar ao seu coração, encha-se de zelo e vá trabalhar para Ele!


v.21

Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono.

Cristo está assentado à direita do Pai: Mt 26.64; At 7.55-56 (em pé!); Cl 3.1; Hb 1.3

Só o fato de um ser humano estar assentado ao lado de Deus, já é grande honra para qualquer um que pertença à raça humana.


Mas, para o que mostrar, pela vida, que é um verdadeiro, crente, isso ainda é pouco, pois Cristo o deixará entrar no reino dEle.

E muito mais: deixará participar do reino dEle.

E ainda muito mais: compartilhará o reino, deixará reinar junto com Ele.,

E ainda muito mais:  dará o privilégio de sentar-se no próprio trono com Ele.


v.22

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas

Que a nossa igreja sempre tenha ouvidos para ouvir o que o Espírito Santo diz a ela.


Que Deus nos abençoe. Amém



Ministério Falando de Cristo
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." (1 Co 1.24b)
Copyright 2004-2012. Todos os direitos reservados. http://www.falandodecristo.com