Um site para quem precisa da Verdade
PREGAÇÕES

Uma festa para Deus! (Êx 5-1)


Mauro Clark - 15/10/2017
36 minutos




�xodo 5.1

Uma festa para Deus! - Êxodo 5-1

Ex 5.1


Resumir Ex 4.18-31

* Moisés comunica ao sogro e parte para Israel

* Encontro com Arão

* Circuncisão do filho

* Apresentação aos anciãos

* Milagres para o povo, que crê (pelo menos depois dos milagres) e adora a Deus


v.1: Início do diálogo com Faraó

Primeira frase de Moisés/Arão a Faraó:

Assim diz o Senhor Deus de Israel: que introdução!


Observe:

* Não se preocuparam em argumentar ou provar que Israel tinha um Deus

* Esse Deus tinha uma mensagem clara e específica a Faraó. Se não atendesse, teria que se entender com Ele, Deus

* Reconhecem que eram meros porta-vozes de Deus (não líderes com idéias próprias).


Lições:

* Fale de Deus com naturalidade, evitando discussões filosóficas para provar a existência dEle. Simplesmente assuma que existe um Deus Criador, como Gn 1.1

* O Deus Criador tem uma mensagem clara e direta aos homens.
Isso implica em responsabilidade de quem ouve.
Se não atender, vai prestar contas com Deus, não com quem pregou.


* Somos meros porta-vozes, e não religiosos com idéias próprias. Nossa autoridade está exatamente nesse ponto.

Sempre foi um desastre quando homens de Deus quiseram se entender, se compremeter com a sabedoria do mundo, para não parecerem fanáticos.


deixa ir o meu povo

Por que Deus pediu a Faraó? Ele (Deus) não tinha poder para tirar logo?

Sim. Mas Ele queria...  

1. ... ir pelas vias normais

2. ... colocar responsabilidade sobre Faraó

3. ... evidenciar a dureza de Faraó

4. ... evidenciar a paciência de Deus


Lições:

1. Em geral, Deus atua pelas vias normais. Esperar exceções e milagres não é sábio.

2. É impressionante como Deus faz questão de colocar responsabilidade sobre o homem.

3. A Bíblia aponta que o homem é duro de coração (não uma vítima de Deus).

4. Vemos na Bíblia Deus argumentando com inimigos, dando chance, tendo paciência.

Quando pregarmos, devemos ter paciência com as pessoas, pelo mesmo até certo ponto.

Mesmo que o outro não aceite, Deus será glorificado, pois aquela pessoa ouviu, ela será responsabilizada e a paciência de Deus será notada.


meu povo: propriedade dEle.

Aqui um aviso para Faraó: todo mundo defende o que é seu.

Deus faria tudo para defender o que era dEle.


Hojo o povo espiritual dEle somos nós, a Igreja: 1Pe 2.9-10

E Ele está sempre muito interessado em nos proteger: Rm 8.35-39

Sim, às vezes Ele parece demorar tanto que não está interessado. Mas precisamos aprender a enxergar isso do maneira correta.


Voltando:

O único motivo dado por Moisés para Faraó deixar o povo ir:

Para que me celebre festa...deserto:

Não acusou Faraó de maltratar o povo, não disse que o  povo estava cansado, que precisa voltar para a Terra Prometida, nada. Provavelmente dissesse depois.

Mas, naquele ponto é como se tudo isso ficasse secundário diante do desejo de Deus de ser festejado pelo Seu povo no deserto!


Irmão, isso é fantástico! A coisa mais importante que você tem na vida é alegrar a Deus!

Veja o privilégio duplo: de Deus querer ser festejado e adorado por você e de você (um mísero precador) ter a capacidade de alegrar a Deus.

E tudo isso porque nós temos Cristo. É somente a adoração de Cristo que agrada completamente ao coração daquele Pai celeste.

E é somente Cristo que tem esse poder de agradá-Lo.

Se estamos nas duas condições de Cristo, é porque Ele nos deu!


Que Deus nos abençoe. Amém



Ministério Falando de Cristo
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." (1 Co 1.24b)
Copyright 2004-2012. Todos os direitos reservados. http://www.falandodecristo.com