Um site para quem precisa da Verdade
PREGAÇÕES

Você é crente? Que autoridade! 1/2


Mauro Clark - 11/11/2018
49 minutos





Você é crente? Que autoridade! - 1/2


Nas duas pregações passadas, falamos sobre a autoridade de Jesus Cristo.

Ficamos de responder à pergunta: Quanto dessa autoridade Ele extendeu aos crentes?


Responderemos em duas etapas:

1) Transferência de autoridade específica para os discípulos que trabalharam com Ele (antes da fundação da Igreja)


Mt 10.1: Escolha dos apóstolos e missão por Israel: autoridade para expulsar espíritos         imundos e para curar todo tipo de doença.


Lc 10.1: talvez 1 ano depois: Missão dos 70. Mesmo tipo de poder: v.9,17

Lc 10.19: autoridade para pisar serpentes e escorpiões, sem dano.

Em suma: autoridade sobre animais, doenças e espíritos imundos: poder tremendo (pelo menos em alguns momentos do ministério ao lado de Jesus).

Importante: esse era período atípico. Muito cuidado ao fazer analogia com a Igreja hoje.


2) Transferência de autoridade para ser aplicada na Igreja, que vale até hoje.

Mesmo sendo dita aos mesmos discípulos, apontava para o período em que a Igreja estaria funcionando.

 

Mt 18.15-18

2a. e última vez que aparece a palavra “Igreja” nos Evangelhos. Primeira: Mt 16.18.

Igreja: εκκλησια ekklesia (ek + kaleo = chamado para fora)

Lit.: reunião de cidadãos chamados para fora de seus lares para algum lugar público, assembléia

Sentido cristão: assembléia de crentes, de pessoas confessadamente salvas em Cristo.

Dois sentidos:

Local, um grupo que se reunide fisicamente, com pastores, diáconos e membros.

Geral: conjunto de todos os crentes, desde Pentecostes até o Arrebatamento.


Numa igreja local, quem decide sobre os que entram e os que saem? A própria Igreja.  

Ela recebeu expressa autoridade de Cristo para abrir ou fechar comunhão a alguém.


Jo 20.19-23

Idéia parece com a passagem anterior.

Igreja tem autoridade de considerar irmão perdoado ou não.

Se considerar, fica tudo normal com a comunhão com ele.

Se não perdoar, deve ser oficialmente encarado como irmão em pecado.

Importante: não confundir com o perdão aos olhos de Deus: só Deus tem autoridade para perdoar qualquer pecado perante Ele próprio.

O perdão de pecados pela Igreja é exclusivo para fins de comunhão (e isso é muito!).


Continuaremos na próxima semana.


Que Deus nos abençoe. Amém



Ministério Falando de Cristo
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." (1 Co 1.24b)
Copyright 2004-2012. Todos os direitos reservados. http://www.falandodecristo.com