PREGAÇÃO

ACJ-07 - Toque Especial de Jesus

Mauro Clark

         14/02/2016          31 minutos


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close ACJ-07 - Toque Especial de Jesus
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior


Na nossa série AGINDO COMO JESUS, a ênfase não é nos ensinos e doutrinas, mas na atitude, no comportamento dEle, para imitá-Lo em situação semelhante.
At 10.38:
só essa informação, é muito forte, dando idéia da misericórdia de Jesus, do quanto Ele fez o bem enquanto esteve aqui.
Mas quero abrir mais a lente e ver com mais detalhe alguma situação em que Ele tratou pessoas de maneira carinhosa, com meiguice. Nosso tema de hoje é: Toque especial de Jesus. 

Mc 1.29-31: o detalhe aqui é tomando-a pela mão.
Mas será que isso é mesmo um mero detalhe? Ou tornou-se a ação mais importante que Jesus fez com ela - mais do que a própria cura da febre?
Se 10 anos depois, perguntassem a ela quais os momentos mais especiais da sua vida, talvez nem dissesse o dia em que Jesus tirou a minha febre, mas “o momento em que Jesus me tomou pela mão. Nunca vou esquecer o leve aperto que deu em minha mão; eu senti que estava apoiada!”
Um gesto é muito importante, um toque especial - isso pode marcar mais do que 1000 palavras. 

Mc 1.40-42: o detalhe aqui é tocou-o.
Aqui não era alguém com febre, ou paralítico, ou gripado, mas com lepra! Lepra contagia! 
Enquanto pessoas saíam de perto do homem, Jesus não apenas ficava perto, mas ainda tocava!
Com certeza Jesus sabia o tamanho da carência daquele pobre homem, do quanto necessitava de um gesto amigo, mostrando que alguém no mundo ainda se preocupava com ele.
Curar de lepra ou qualquer outra doença, não podemos. Mas transmitir calor humano, de várias formas, qualquer um pode. É só querer. Você quer?

Lc 7.11-16: o foco aqui não é no milagre poderoso, mas nas palavras dele para a viúva (Não chores!).
Aqui não um toque físico, mas uma frase - palavras de consolo, de apoio, de ânimo.
Não podemos ressuscitar parentes queridos das pessoas.
Mas uma coisa nós podemos: dizer Não chores!, no sentido de dar uma mão amiga, de mostrar outros ângulos, de dar esperança.
O mais lógico, seria eu perguntar: “você tem dado apoio para pessoas que perderam entes queridos?”
Mas, antes, preciso perguntar se você ao menos tem estado perto de pessoas assim.
Tem visitado? Ao menos se aproximado, quando vê? Ou sai de perto, pensando: Esse assunto é complicado, não sei o que dizer, melhor evitar. Não faça isto!
Jesus não fez isto. Ao contrário: Ele socorria, dava a mão.

Mc 10.17-22: aqui o foco não é o milagre, nem mesmo palavras, mas um olhar!
Mas só em dizer olhar, não significa muita coisa, pois existe olhar de raiva, ódio, desprezo.
Mas esse olhar de Cristo foi misturado com amor!
Não amor por um discípulo, ou uma humilde velhinha, mas por um jovem saudável, rico, doido por dinheiro.

Seja mais humano, transmita mais calor, mostre mais interesse pelas pessoas -  como Jesus!
Ilustração: O Rei Edward VIII, da Inglaterra, apaixonou-se por uma plebéia porque ela foi a primeira que mostrava interesse pelo trabalho dele.
Se você não tem muito tempo, tenha algum contato nem que seja por e-mail. Mas o melhor mesmo, claro, é pessoalmente.
Que Cristo nos abençoe!
Amém!

Mauro Clark, 68 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2020
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2020 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b