PREGAÇÃO

Ex 36a - Para uns, morte; para outros, vida

Mauro Clark

Ex 14.26-15.20         18/11/2018          28 minutos


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Ex 36a - Para uns, morte; para outros, vida
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior


Para uns, morte; para outros, vida

Ex 14.26-15.21

 

Terminamos dizendo que a perseguição poderia ter encerrado aqui: os israelitas prosseguiriam e os egípcios (que sobraram!) voltariam para casa.

Mas Deus não iria deixar assim. Faraó foi longe demais em resistir a Deus.

Chegara a hora de Deus se glorificar em Faraó e nos seus cavaleiros.

E o faria de maneira muito forte!

 

v. 26-29

Temos deixado no ar a pergunta: Como Deus iria se glorificar em Faraó e seu exército?

Agora temos a resposta: matando-os no meio do mar.

nem um deles ficou: quando Deus quer, vai ao mínimo detalhe.

Um ano de resistência e dureza de coração. Final: morte.

 

Boa figura de quem resiste contra Deus: morte eterna: lago fogo.

Deve ter havido momentos em que Faraó achava que estava indo bem, como quando chegaram bem perto dos judeus.

Deve ter momentos em que o descrente pensa que está indo bem, até iludindo a Deus. Mas o fim será terrível.

 

Int: no v.14, Moisés dissera: o Senhor pelejará por vós.

Foi exatamente o que aconteceu. O Senhor sempre peleja por nós, sempre!

 

Compartilhando um pensamento que li:

Interessante o contraste: egípcios, mortos pelas águas. Judeus: dentro das mesmas águas, evidentemente poderiam estar igualmente mortos. E num sentido simbólico, estavam: mortos para o passado de escravos dos egípcios. Mas literalmente, estavam vivos, dentro do mesmo mar, aberto para eles pelo poder de Deus, caminho para a terra prometida.

Batismo: mostra que o crente está morto para o pecado, para a escravidão do pecado, mas ressuscitado com Cristo, vivo pelo poder de Deus, rumo ao vida eterna!

 

v.30-31

Aqui encerra a perseguição. Israel livre dos egípcios para sempre.

O momento era de grande alegria e alívio. Moisés faz um cântico, que apenas lerei:

 

Cap 15.1-19: Cântico de Moisés, com elementos de profecia futura.

v.20-21: Miriã, profetisa, irmã de Moisés e Arão, liderou outras mulheres para comemoraram com música e danças.

 

-------------------------

Nova fase: os egípcios ficaram totalmente para trás. Tudo tranquilo, então? Não.

Um novo inimigo surgiria no percurso, conforme veremos.

 

Que Deus nos abençoe. 

Mauro Clark, 67 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2020
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2020 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b