PREGAÇÃO

Noé: exemplo de sucesso ou fracasso?

Mauro Clark

Gn 6.8-9         11/10/2015          31 minutos


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Noé: exemplo de sucesso ou fracasso?
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior


8 Porém Noé achou graça diante do SENHOR.

9  Eis a história de Noé. Noé era homem justo e íntegro entre os seus contemporâneos;
   Noé andava com Deus.
#############

 

 

Na mensagem passada, comentei o quanto a raça humana foi ingrata com Deus, a ponto de Deus ter se arrependido de tê-la criado.

Mesmo assim, dentro da Sua misericórdia, Deus deu um prazo de 120 anos para efetivar a Sua decisão.

E no meio das trevas de tão grande julgamento, surge uma luzinha, que seria a única alternativa para a continuidade da raça humana.

Essa luzinha tem nome e chama-se Noé. É dele que vamos falar hoje.

 

Versículo 8

achou graça: encontrou favor da parte de Deus.

Uma exceção em meio a tanta iniqüidade.

 

Em ambiente bem iluminado, não se nota uma vela acesa.

Mas apague tudo e deixe só a velinha! Será altamente visível.

Noé brilhou no meio da sua geração como vela no escuro.

Deve ter sido um homem muito conhecido e comentado.

 

í Por que Noé encontrou graça da parte de Deus?

 

Versículo 9

justo: temente a Deus.

Não um crente comum, pois tinha um relacionamento muito especial com Deus: andava com Deus. Noé tinha intimidade com Deus.

Essa expressão muito especial foi usada apenas com Enoque.

Em termos de relacionamento com Deus, Noé estava perfeito.

 

integro entre os seus contemporâneos: decente, digno.

O relacionamento de Noé com os homens também era correto e excelente.

 

É interessante notar que o fato de Noé ter sido íntegro entre homens não causa impacto. Já era de se esperar. Afinal, ele não andava com Deus?

O relacionamento do crente com Deus é refletido automaticamente no relacionamento dele com os homens.

Não se vê com os olhos a comunhão de alguém com Deus.

A maneira pratica de medi-la é através do seu comportamento entre os homens.

 

O crente que se comporta de maneira exemplar, certamente tem ótimo relacionamento com o Senhor.

Tanto que nem precisa ficar falando sobre isso. Não precisa e nem deve.

Quando você vir um irmão constantemente se referindo ao próprio nível espiritual, ao amor profundo que ele tem pelos perdidos, à enormidade da sua fé, observe que provavelmente não tem um comportamento típico de um crente forte.

 

Mas a fidelidade de Noé a Deus não se constituía apenas em ser ele justo e decente.

Ele servia ao Senhor, era útil à causa de Deus, naquele ambiente tão perdido.

Como ele servia?

 

pregador da justiça (veja 2 Pedro 2.5)

Noé não apenas tinha vida exemplar, mas pregava a justiça de Deus (que se arrependessem, que se voltassem para Deus, etc.).

4 Além de andar com Deus ele desejava que os outros andassem também!!!

E falava de Deus aos pecadores.

Provavelmente foi muito ridicularizado dizendo coisas estranhas e fazendo uma embarcação mais estranha ainda!

 

Aplicação

Ter comunhão com Deus e andar de modo digno entre os homens não deve ser tudo o que devemos almejar.

Esses fatores são apenas a base para um outro aspecto muito importante da vida cristã: o serviço a Deus.

Enquanto o crente vive, deve servir, ser útil a Deus.

 

Noé era pregador. Mas existem várias maneiras de servir a Deus.

E seja qual for essa maneira, há um ponto comum em todas elas: o objetivo de levar os outros ao redor para ainda mais perto de Deus.

* Se forem crentes serão aperfeiçoados e se tornarão melhores imitadores de Cristo.

* Se forem não crentes, poderão ser levados à conversão.

 

Você tem servido a Deus de modo eficiente?

Perguntando de outro modo: você tem aproximado pessoas de Deus? Quem?

 

Voltando a Noé, qual o resultado do ministério daquele grande homem?

 

Hebreus 11.7: ... pela qual condenou o mundo:

 

Ao entrar na arca com a sua família, ninguém o seguiu, mesmo tendo sido avisados.

É aí onde está a condenação: mesmo avisados, não deram ouvidos.

Ou seja, em termos de resultados visíveis a pregação de Noé fracassou!

O grande Noé não teve sucesso de resultados em seu ministério.

Mas em que isso pesou na sua posição perante Deus? Em nada!

O serviço foi feito, a missão totalmente cumprida.

 

Aplicação

Só com o que foi dito, poderíamos aplicar a nós, lembrando que a falta de resultados concretos não significa infidelidade do servo ou desagrado de Deus.

 

Mas no caso de Noé, provavelmente existe uma semelhança mais forte entre ele e os crentes desta nossa geração.

Digo isso porque acho provável estarmos pertos da vinda de Jesus.

 

Mateus 24.37-39:

37  Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem.

38  Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e   davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,

39  e não o perceberam, senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem.

 

Jesus enumera algumas características do tempo de Noé, comparando diretamente com o tempo em que Ele voltará.

Entendo que o contexto dessa passagem se refere à situação no mundo no momento em que Cristo voltar para arrebatar a Igreja e dar início à Tribulação.

 

comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento:

Não podemos deixar de pensar no número alarmante de divórcios no mundo, na

presença da bebida e da droga em todos os segmentos da sociedade mundial, no baixíssimo nível moral a que chegou.

 

até o dia: como no tempo de Noé, haverá um dia em que Deus dirá Basta!, e Cristo voltará para dar início aos últimos tempos.

 

não o perceberam: Não estavam dando a mínima atenção para o que Noé dizia.

Não estavam naquela época e nem estão hoje!

Pode até parecer estranho eu dizer isso em plena época de crescimento do chamado meio evangélico.

Mas boa parte desse movimento, embora fale muito no nome de Jesus, não está baseado na doutrina bíblica e nem os seguidores mostram com a vida que foram realmente regenerados.

Repito: o mundo continua sem dar valor ao Evangelho de Cristo.

 

veio o dilúvio e os levou a todos

Quando Noé entrou na arca e começou a chover sem parar, aí perceberam.

Mas já era tarde demais. E veio o julgamento.

Até lá, tsunamis, terremotos e furacões continuarão assustando, chocando e comovendo, mas não servirão para levar a humanidade a considerar seriamente os próprios pecados.

O mundo só perceberá que algo muito diferente aconteceu quando a Igreja for arrebatada.

Creio que do jeito que Deus livrou Noé do dilúvio na arca, Ele livrará a Igreja da tribulação, levando-a para o céu, logo no início do arrebatamento.

Mas aí será tarde para escapar do julgamento que virá sobre a terra.

Claro que haverá tempo para se converter, mas sofrerá grande perseguição na tribulação.

 

Termino lembrando:

Os últimos tempos serão difíceis em termos de conversões. Devemos esperar que o retorno da pregação do verdadeiro Evangelho será bem pequeno.

Mas não devemos desanimar com isso. O importante é sermos considerados justos perante Deus, aprovados e colocados na arca são e salvos, antes que venho o terrível dilúvio da tribulação.

 

Que Deus nos abençoe.

  

                                   - Amém -

Mauro Clark, 68 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2020
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2020 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b