PREGAÇÃO

Deus é imutável: como isso me afeta?

Mauro Clark | 09/02/2020
66 minutos

headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Deus é imutável: como isso me afeta?
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior

Sempre é bom o crente estudar sobre cada atributo de Deus, tentando verificar como esse conhecimento pode ser útil para a própria vida.

Hoje estaremos concentrados na imutabilidade de Deus: Sl 102.12, 25-27

O próprio nome pessoal de Deus revela isso: Ex 3.14: Sou o que sou

Sl 9:7; 90:1-2; Dt 33:27; Is 44:6-8; Lm 5:19; Hb 1.11-12; 13:8; Ap 1:17-18

 

Três consequências do fato de Deus ser imutável:

1) Como salvos e perdoados, mesmo ainda sendo pecadores (por enquanto!), estamos totalmente seguros nas mãos desse Deus, jamais seremos consumidos (destruídos eternamente ou condenados): Ml 3.6

 

Entramos o ano como filhos de Deus e chegaremos ao fim do ano como filhos de Deus. Não importa o tipo de comportamento que tivemos, a nossa situação financeira, saúde, etc, seremos sempre filhos de Deus.

Ele jamais mudará de ideia quanto à salvação que operou em nós: Jo 10.27-28

 

2) Deus tem planos maravilhosos, espetaculares para nós! E sempre benéficos.

É como se apenas a garantia de não sermos consumidos, ainda fosse pouco!

Na realidade, é o contrário: Ele irá nos aperfeiçoar cada vez mais, até terminar a obra que começou em nós! Fp 1.6

Esse aperfeiçoamento é exatamente o processo de santificação, que Cristo estará sempre realizando na Sua esposa, até apresenta-la a Ele mesmo perfeita: Ef 5.25-27.

Tudo o que Ele fará conosco terá como alvo esse bendito aperfeiçoamento.

Em outras palavras, tudo o que Ele fará conosco será benigno, para o nosso bem.

É exatamente isso o que Paulo diz em Rm 8.28

Esse é um versículo muito famoso, mas talvez não nos ocorra que o cumprimento dessa promessa está diretamente vinculado à imutabilidade de Deus: Tg 1.17

Isso significa que podemos afirmar com toda a segurança, o nosso Deus derramará grandes bênçãos sobre nós em 2020, 2021 etc.

 

Agora, pensando bem, até agora fiz afirmações ousadas sobre Deus, sobre nossa salvação, nossa segurança eterna, etc.

Mas, de onde tirei isso? Da minha cabeça? Não, da Palavra de Deus!

E vocês estão aí ouvindo, certamente achando válido o que estou falando, concordando, por que? Porque confiam cegamente em mim?

Não, porque vocês creem na mesma Palavra de Deus que eu.

Agora, pare um pouco e pense: e se essa Palavra de Deus (que eu confio para falar, e vocês confiam para ouvir) estiver errada?

Ou sendo menos dramático, se estiver apenas desatualizada?

Estaremos completamente às cegas, sem rumo, um pesadelo.

 

3) Terceira consequência de Deus ser imutável: a Palavra dEle é total e absolutamente digna de confiança: Mt 5.17-18; Sl 119:89,152; Is 40:8; 1 Pe 1:22-25

E além disso, extremamente rica e útil para o nosso dia a dia: 2Tm 3.16-17

Sabe o que isso significa? O que quer que aconteça com a sua vida pessoal, você tem fonte segura para lhe mostrar como reagir (com a iluminação do Espírito Santo).

Qualquer rumo que tome a política do país ou a caótica situação mundial, você saberá como se comportar, como pensar, como se posicionar.

 

E quanto ao futuro mais à frente, tudo o que está previsto pelas Escrituras será rigorosamente cumprido.

Isso inclui nosso arrebatamento, nossa estadia ao lado de Cristo, o milênio, quando reinaremos com Cristo e a vida eterna maravilhosa na Nova Jerusalém.

 

Irmãos, não tenho dúvidas que essas passagens e conceitos não são novidade para nós e que cremos firmemente nelas.

Mas o que quero chamar atenção nesse início de ano, é que talvez não nos demos conta do VALOR incalculável que essa confiança tem para a nossa estabilidade emocional, nossa lucidez, nosso equilíbrio mental, nossa paz de espírito!

Sei que somos frágeis e constantemente vítimas de nossas fraquezas, com ansiedades, preocupações, desânimos etc.

Até certo ponto, isso é inevitável.

Mas a segurança que temos por crermos num Deus que sabemos ser imutável, é arma poderosíssima para reagirmos a essas fraquezas.

Não lançar não desse privilégio é uma pena e um desperdício para o crente.

 

Que maravilha sabermos que ao final deste ano, Deus continuará sendo benigno, santo, justo e bom, quanto é hoje. E que nós seremos tão crentes em Cristo como somos hoje.

 

Que Deus nos abençoe. Amém

Mauro Clark, 68 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2020
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2020 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b