PREGAÇÃO

Série Êxodo 63 - O nono mandamento: Não dirás falso testemunho

Mauro Clark | 15/03/2020
36 minutos

headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Série Êxodo 63 - O nono mandamento: Não dirás falso testemunho
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior

O quinto mandamento protege pai e mãe.

O sexto, protege a vida do próximo.

O sétimo, protege a mulher e o marido do próximo, isto é, protege o casamento, a família

O oitavo, protege os bens do próximo.

O novo: protege o nome, a honra, a reputação do próximo.

 

O nome de alguém é de valor incalculável, mais que riquezas.

Como um ser sociável, é fundamental que o homem tenha reconhecimento dos outros.

A tendência natural é que cada pessoa tenha alto interesse em preservar um bom nome.

E os ladrões e corruptos? É que a vontade de ter é tão forte, tão doentia, que inibe o zelo natural pelo próprio nome.

 

O fato é que um nome manchado é quase impossível recuperar.

É clássica a comparação de que recuperar totalmente a honra manchada é como picotar papel, jogar do alto de um prédio e tentar recolher.

 

Talvez este mandamento se refira a um depoimento oficial.

Mesmo se for, Ex 23.1 fala de modo geral: notícias falsas e testemunho maldoso.

 

A ideia de falso testemunho vai além de informações inverídicas, incluindo qualquer coisa que venha a prejudicar a reputação alheia (a não ser no caso de algo ilícito que precisa ser formalmente tratado).

Inclusive, na repetição deste mandamento em Dt 5.20, o termo hebraico traduzido por “falso” não é o mesmo de Ex 20.16, mas o mesmo traduzido por “vão” em Ex 20.7.

Portanto, o mandamento é não dizer testemunho falso ou mesmo vazio (vão, inútil, que não esclarece).  

 

Isso inclúi calúnia, difamação, fofoca, sugestão maliciosa.

A Bíblia trata muito desse problema de falar mal dos outros:

* Difamação: característica do ímpio: Sl 50.19-20

* Fofoca proibida: Lv 19.16

* O falso testemunho e a mentira terminam descobertos: Pv 19.5. Ou seja, o que dá falso testemunho prejudica o outro e a sí próprio!

* Difamação é insensatez: Pv 10.18

* Falar do outro pode jogar pessoas contra outras, e isso Deus odeia: Pv 6.16-19

 

Só temos idéia do quanto dói no outro falar mal dele, quando fazem conosco.

Davi estava sentindo esta dor em Sl 109.2

 

Este mandamento é muito difícil de cumprir, pois o homem é altamente tendencioso a falar mal dos outros. Dois motivos:

1. Porque é maldade pura e simples e, como o coração do homem natural é mau, termina sendo gostoso para a carne.

2. Ajuda a esconder os próprios erros e fraquezas

 

Mas nada disso é desculpa. Temos obrigação de refrear a lingua:

Sl 34.13; 39.1; Tg 1.19; 3.2-12.

 

Aliás, é importante não apenas deixar de falar mal, mas procurar coisas boas do que falar.

Isso é amor cristão: querer o melhor dos outros.

É bonito ouvir de crente que nunca falava ou fala mal de ninguém, apenas o bem.

 

Jesus deu uma das soluções para evitar a difamação: ir na fonte: Mt 18.15-17

Três passos: 1) Fala só com ele. 2) Leva testemunhas. 3) Trata diante da igreja.

 

Pergunta:

Sempre é errado falar de alguém na sua ausência, mesmo de modo negativo?

Não. O ambiente, o propósito, o conteúdo, a maneira – tudo isso é importante.

Exempoos:

* Liderança da igreja: inevitável, com o propósito de corrigir e zelar pela igreja.

* Informação de referência profissional

* Depoimento oficial

* Quando envolve proteção de outros

 

O fato, irmãos, é que difamação é muito mais pernicioso do que se imagina, pois destrói o próximo (estraga, arruína): Pv 11.9

Cuidado com “palavras devoradoras”: Sl 52.4

Especialize-se em falar para edificação: 2Co 12.19

 

Que Deus nos abençoe. Amém

Mauro Clark, 68 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2020
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2020 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b