PREGAÇÃO

Série Êxodo - 48: Modelo de líder

Mauro Clark | 26/05/2019
37 minutos

headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Série Êxodo - 48: Modelo de líder
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior


Modelo de líder

Ex 18.13-27

 

Cena: primeiras semanas após saída do Egito, antes ou até mesmo no pé do Monte Sinai.

Moisés recebe a visita do sogro, Jetro, com a esposa de Moisés e dois filhos – que tudo indica haviam sido enviadas por Moisés em algum momento antes. (v.1-12)

 

Jetro observa algo, que discorda: Moisés liderando sozinho, extremamente atarefado, julgando todas as causas.

O que ele faz e o resultado são muito ricos para nós.

Três pontos com respectivas lições:

 

1. A atitude de Jetro

v.13-17

* Interessado em Moisés e no povo (que nem era o dele): Desfalecerás, como este povo

* Ao estranhar a estratégia de Moisés, perguntou ao próprio a explicação.

* Quando teve certeza de que era mesmo o que estava pensando, foi franco e direto: Não é bom o que fazes

* Explicou o motivo da crítica

* Tomou a inicativa de dar o conselho.

* Mesmo dando o conselho, teve humildade, expressando o desejo de que Deus agisse Interessante: ele era sacerdote de outra religião. Não sabemos se, a essa altura, estava incluindo ou mesmo já crendo no Deus de Moisés.

 

Aplicações fáceis e até óbvias:

* Interesse-se pelas coisas dos outros, especialmente dos mais chegados

* Quando ver algo que acha esquisito e tiver vontade de opinar, se informe com exatidão

* Se achar que é o caso opinar (às vezes não é), seja franco e direto

* Encontre motivos razoáveis (não apenas gosto pessoal)

* Finalmente você chegou a ponto de poder dar um conselho. E se tiver mesmo um bom conselho, não deixe de fazer, tome a iniciativa

* Seja humilde, não agindo como o salvador da pátria

 

2. O conselho em si:

Moisés deveria:

* Para poder cuidar dos outros, tinha antes de cuidar de si próprio, se poupar. Tendo à frente um líder em plenas condições, o povo terminaria ganhando.

 

*  Fazer o que só ele podia fazer, no caso: ensinar as coisas de Deus e julgar causas realmente importantes.

 

* Repartir a carga, com vários níveis de chefia, subindo até chegar a ele - que devia se reuniar com os chefes de 1000, que se reuniam com os de 100 e assim por diante.

Vantagem automática de repartir a carga: lembrava que os outros também tinham parte naquela obra.

 

* Aconselhou que Moisés tivesse muito cuidado ao escolher, sugerindo quatro critérios:

a) Homens com capacidade

b) Tementes a Deus

c) Afeitos à verdade

d) Que aborreçam a avareza, generosos

 

Aplicação:

As necessidades de qualquer estrutura organizada são basicamente as mesmas que Jetro explicou para Moisés, mas nos concentremos numa igreja.

O líder (pastor ou qualquer um em cargo de liderança) deve...

* ... ser poupado na sua carga, minorando o stress, ajudando a saúde, o estado mental. Assim todos saem ganhando.

* ... se concentrar no que só ele sabe e pode fazer.

* ... aprender a repartir a carga, não apenas para se poupar, mas para lembrar aos outros que eles também têm parte na obra.

* ... ter muito cuidado ao escolher seus ajudantes. Quatro critérios de escolha:

a) capacidade – jamais escolher apenas pela amizade, simpatia, etc.
b) tementes a Deus - nível espiritual é extremamente importante

c) pessoas afeitas à verdade, sinceras, francas, honestas.

d) que aborreçam a avareza – não mesquinhos, apequenados

 

3. A atitude de Moisés

* Humilde, seguiu à risca o conselho do sogro.

Bem poderia ter dito: Você sabe com quem está falando? Sabe que eu converso com o próprio Deus?

 

* Sabedoria: parece que pediu ajuda do próprio povo para escolher: Dt 1.9-16

 

Aplicação:

* Um líder precisa ser humilde, avesso ao orgulho.

Isso inclui estar pronto a aceitar bons conselhos, saber voltar atrás, tomar novos rumos quando necessário, não tomar a sugestão de alguém cou se fosse sua, ser transparente.

Agindo assim, será cada vez mais respeitado.

 

Que Deus nos abençoe! Amém

Mauro Clark, 67 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2019
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2019 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b