PREGAÇÃO

Natal: garantia da volta de Cristo

Lc 2.1-7      67 minutos      25/12/2020         

Mauro Clark


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Natal: garantia da volta de Cristo
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior

Esse trecho descreve o nascimento de Jesus Cristo, o Filho de Deus que se encarnou e veio a este mundo 2000 anos atrás.

O Natal é a comemoração desse nascimento, ou seja, a comemoração de um aniversário.

Além da alegria de um aniversário, muitos aproveitam para meditar: “Estou cada dia mais longe do meu nascimento e mais perto da morte”.

Ou: “O passado está cada vez mais distante e o futuro cada vez mais próximo”.

A cada Natal, fica mais longe o nascimento de Jesus Cristo e o seu ministério na Terra e cada vez mais perto o futuro.

E o que a Bíblia diz sobre o futuro no que se refere a Cristo?

Entre muitas respostas possíveis, vejamos apenas uma:

At 1.9-11: Ele voltará!

Retomando o raciocínio: cada Natal que passa, Ele está mais perto da sua volta.

- Mas esse “retornonão seria através do Espírito Santo que Ele enviou para habitar nos salvos? Não é pelo amor que Ele derrama nos corações? Não é um retorno simbólico?

- Não, não é simbólico. É literal.

- E que garantia há disso?

- O próprio Natal, ou melhor, o próprio fato do 1º. nascimento, da 1ª. vinda.

 

Quando se festeja o Natal, olha-se para o passado, até o próprio nascimento de Cristo, 2000 anos atrás. Mas olhemos mais atrás no tempo:

* meses antes: Mt 1.21

* 700 anos antes: Mq 5.2

* 750 anos antes: Is 9.6

* 4000 antes antes: Gn 3.15

tinha pensado nisso? O Natal previsto 4000 anos antes?

Cada pessoa que comemora o Natal está comemorando várias profecias cumpridas.

Aos nossos olhos, pode até ter demorado, mas tudo cumpriu-se no tempo de Deus e com exatidão literal, não simbolicamente.

Já que haverá uma 2ª. vinda LITERAL, quero fazer DOIS contrastes entre essa 2ª. vinda e a 1a., que é o Natal.

 

MODO:

1a. vinda: humilde, pequenino, pobre, servo, 2 pessoas assistindo

2a. vinda: Mt 24.30-31: exaltado, poder, glória, todos vendo

 

MOTIVO:

1a. vinda: tornar possível a salvação a todos, pagando pecados1Tm 1.15

2a. vinda: 2Ts 1.7-10: * para uns: tomar vingança, banindo da Sua face

                                    * para outros: ser glorificado e admirado

Em qual situação você se encontra?

Cuidado para não se incluir muito rapidamente no segundo grupo, apenas pelo fato de você se considerar um cristão.

 

Existe um fenômeno com a chamadacristandade”:

Quando olha para o PASSADO, toda a cristandade unida celebra o Natal.

Parece uma ALEGRIA, um PENSAMENTO, um CORAÇÃO.

Mas quando olha para o FUTURO, esta união se evapora.

Para a grande maioria, a ALEGRIA se transforma em dúvida ou mesmo pânico.

Os PENSAMENTOS se recusam a encarar o futuro.

Os CORAÇÕES se derretem como água com a palavramorte”.

Para a pequena minoria, é o contrário:

A ALEGRIA aumenta até a euforia quando olha para o futuro e lembra que Cristo voltará.

Os PENSAMENTOS se deleitam em imaginar as delícias que gozaremos no céu.

Os CORAÇÕES palpitam mais forte, quando lembram que morrer é estar com Ele.

E por que esta diferença?

Olhar para o passado é muito fácil. Por isso todos olham e festejam.

E tudo fica ainda mais alegre e festivo porque o Natal se misturou com valores do mundo, como presentes, férias, árvores, luzes, confraternizações.

Essas coisas não sejam essencialmente erradas, mas a rigor nada tem a ver com a riqueza espiritual inerente a uma verdadeira celebração do nascimento de Cristo.

É tudo uma grande festividade social-cultural de tradição religiosa, mas de pouquíssimo cunho espiritual.

Mas festejar o que vai acontecer, com base na .

Não de tradição, de fervor religioso, de superstição. Mas dada por Deus, lá do alto.

O Natal é uma boa oportunidade para cada um testar a sua .

Não apenas olhando para trás e comemorando, mas especialmente para frente e checar se realmente crê que Cristo irá voltar da maneira que Ele disse e para fazer exatamente o que disse, ou seja, receber uns e condenar outros.

Caso você não tenha essa , peça a Deus!

Você verá como será diferente comemorar o Natal.

Claro que a alegria familiar, de reuniões, etc, é a mesma.

Mas agora entendendo bem o que é o Natal e tendo comunhão pessoal com Cristo.

E mais gostoso ainda será quando não precisarmos mais comemorar o Natal na ausência de Cristo, pois todos os dias estaremos na presença dEle, eternidade adentro.

Que Deus nos abençoe. Amém

Mauro Clark, 68 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2021
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2021 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b