PREGAÇÃO

Tire o pecado antes

Js 7      58 minutos      05/06/2016         

Mauro Clark


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Tire o pecado antes
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior


TIRE O PECADO ANTES...

Josué 7

 

Pano de fundo: José lidera o povo na entrada de Canaã, atravessando o rio Jordão de leste para oeste.

Primeira cidade inimiga a enfrentar: Jericó.

Cap. 6: História interessantíssima. Resumir. Deus fez tudo!

 

Agora, Israel está tranquilo, para lutar contra uma cidade insignificante.

Mas veja o que acontece:

v.1-5: Israel sofre humilhante DERROTA.

O v.1 diz que Acã tomou das cousas condenadas de Jericó e Deus se irou conta os filhos de Israel: Js 6.17-20

(Parêntese: se foi só um homem que pecou, como diz “os filhos de Israel”?

Parte pelo todo: 1Co 12.26)

 

Embora seja implícito, até aqui não é dito explicitamente que a derrota foi pela ira de Deus por causa da desobediência de Acã.

 

Reação de Josué:

v.6-9: Em vez de ter procurado a CAUSA, investigado com os anciãos, desesperou-se numa oração super emocionada, até agressiva.

 

Reação de Deus à reação de José:

v.10-12: recusou a oração e disse claramente o motivo da derrota: Israel pecou.

Ou seja, a razão da derrota NÃO FOI porque...

... Deus abandonara gratuitamente Israel

... os inimigos eram fortes demais (aliás, era o contrário!)

... os judeus eram poucos

 

A derrota FOI porque havia pecado em Israel, e o pecado impedia a presença de Deus.

 

A solução de Deus:

v.13-15: radical: elimina o pecado.

v.16-26: Acã e família são apedrejados e queimados.

 

Resultado:

Cap. 8.1,25-26: com o pecado eliminado, derrotaram o mesmo inimigo. Deus voltou!

 

História duríssima, trágica, mas duas observações nos ajudam a compreender melhor:

1. Eles sabiam o que era uma cidade condenada: Dt 13.17: não contaminar

2. Obediência era condição de Deus para estar com eles: foram postos à prova.

Seja como for, a lição evidente é o afastamento de Deus quando há pecado “escondido”.

-------------------

Quando o crente vai bem e começam a surgir situações de derrota (crise no casamento, problema com filhos, saúde ruim, finanças abaladas), a reação correta é fazer um exame detalhado, profundo, da sua situação espiritual:

Sl 119.59; Lm 3.40; Ez 18.28,30; 2Co 13.5

 

Em vez disso, às vezes a reação é: desespero, orações emocionadas, até agressivas (mesmo sem intenção direta).

E isso pode irritar a Deus: Pv 28.9; Is 1.15-16; Sl 66.18; 109.7

Resultado: orações vazias e corações vazios, porque Deus se afasta: Is 59.1-2

É como se Ele dissesse: “O que é isso? Levante-se! Você está em pecado. Pecado para mim é abominável, inaceitável. Eu não estou tendo prazer em lhe acompanhar, em lhe ajudar. Tire o pecado da sua vida, mate-o!”

Gl 6.14: O crente precisa, o tempo todo, crucificar as coisas pecaminosas do mundo.

E geralmente isso dói! E você pensa que não doeu matar aquela família?

 

Mas é melhor abrir mão de um prazer ou lutar arduamente contra uma atitude pecaminosa do que sofrer em várias áreas da vida.

O que não pode é viver em pecado e ter a gostosa companhia de Deus ao mesmo tempo. Como desagradar o Espírito Santo e tê-Lo alegremente habitando em você?

 

Resultado: Sl 32.1-2; Pv 28.13: novamente feliz, com o Senhor abençoando-o, bem ao lado e com as condições restauradas para ter mais vitórias por Cristo.

 

Que Deus nos abençoe. Amém

Mauro Clark, 69 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2021
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2021 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b