PREGAÇÃO

CC Deus e meus filhos (2/5): O método divino de educação

Mauro Clark

         19/09/2015          51 minutos


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close CC Deus e meus filhos (2/5): O método divino de educação
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior


Falamos da necessidade dos pais educarem desde cedo o filho nos caminhos onde deve andar, ou seja, nos caminhos de Deus.

Resumimos esses caminhos em dois grandes ítens: amar a Deus acima de tudo e amar ao próximo como a si mesmo.

 

Se chegasse um extra-terreno, diria: “Que crianças privilegiadas: os pais são obrigados pelo Deus Criador, bom, justo, etc., a educarem-nas nos caminhos dEle, que são os melhores possíveis. Educação deve ser tarefa gostosa, tanto para os pais que dão como para os filhos que recebem”.

 

Mas isso não ocorre na prática. Ao contrário: educação é tarefa difícil para os pais: árdua, cansativa, desgastante.

E os filhos resistem a ser educados: discutem, desobedecem, afrontam, resistem, etc.

Em suma: educar um filho é tão estressante como nadar contra a correnteza.

 

Por que? O ser humano não gosta de ser educado nos caminhos de Deus.

O bebê nasce pecador: Sl 51.5

Os pais são obrigados a educarem seu filho num código que a natureza do filho rejeita.

Resultado: choque desde o berço!

Isso é terrível, mas é a verdade.

E é exatamente isso o que comprovamos na prática.

 

Daí surge necessidade de regras de educação.

Mas regras de quem? Dos próprios pais?

Será que Deus apenas manda que os pais eduquem os filhos nos caminhos de Deus e deixa que eles, pais, adotem o método que lhes parecer bom?

Negativo. É tão importante o método de educação no resultado final, que o próprio Deus deu detalhadamente o método dEle.

Ou seja, a aplicação do método divino não é opcional, é obrigatório.

Todos os pais do mundo deveriam conhecer E APLICAR esse método.

 

E qual é esse método? Simples e fácil.

Dois pilares básicos (2 faces da mesma moeda): AUTORIDADE e AMOR.

Vejamos com mais detalhes.

(Lembro: aqui não o Método Mauro Clark de Educaçao de Filhos, mas de Deus).

 

AUTORIDADE

Inquestionável, absoluta: 1Tm 3.4

... disciplina: υποταγη hupotage: sujeitação, obediência

... respeito: comentarei mais adiante

 

Os pais precisam e têm todo o direito de exigir dos filhos:

- honra (sempre): Ex 20.12; 21.17; Mt 15.4

- obediência irrestrita (enquanto na casa): Pv 6.20; Ef 6.1; Cl 3.20

 

Mas e se os filhos se recusaram a seguir? A solução bíblica é disciplina física:

* Pv 13.24: aos olhos de Deus, reter a vara é prova de não gostar do filho. E vice-versa: disciplina cedo (vara, surra) é prova de amor.

* Pv 22.15: valor moral e espiritual da vara.
Muitos acham que surra tolhe a personalidade do filho.
Vemos exatamente o contrário aqui: ajuda o filho a crescer mais puro.
Pais que disciplinam de modo correto os filhos estão lhes fazendo um grande favor.
E tem mais: no fundo a criança reconhece que precisava e aceita.

* Pv 23.13-14: aqui para pais e mães muito sentimentais.
Ordem: “não retires”. Uma boa surra nunca matou ninguém.
livrarás do inferno (sepultura): a educação nos caminhos de Deus, poderá protegê-la da morte física ou mesmo contribuir para levá-la à salvação.

 

* Pv 29.15
Há exemplos tristes de pais que não são obedecidos; são afrontados em público.
Por outro lado: quem não acha bonito pai/mãe dar ordem e ser prontamente obedecido?

 

De 600 prisioneiros jovens, em New England, 450 disseram que estavam lá porque tinham permissão dos pais para fazerem o que bem entendessem.

 

Os pais devem usar da autoridade com cuidado, para não abusar: Cl 3.21; Ef 6.4

Pv 19.18: Além do alerta para os excessos, toca no ponto de corrigir logo.

 

Sugestões práticas:

* Disciplina física: somente quando necessário e de modo controlado.

* Não humilhar com ordens constrangedoras tipo “venha até aqui de joelhos”

* Não gritar ou bater na frente de estranhos

* Não exagerar na quantidadse de ordens domésticas

* Ao dar ordem é bom explicar - desde que filho não condicione obediência à explicação.
  (Diálogo sempre é bom, mas para esclarecer, nunca para convencer o fiho a obedecer).

* Desculpar-se quando errar com eles

 

Agora o outro lado da moeda:

AMOR

Educação só com autoridade fria e disciplina é incompleta, distorcida, desastrosa.

Precisa haver amor: Tt 2.4 (não há passag. sobre o pai. Mas se precisamos amar até os inimigos, quanto mais o próprio filho).

 

Amor inclui respeito. Repetindo 1Tm 3.4

Respeito da parte de quem?

Alguns acham que é do pai, mas é mais provável que seja do filho, ou seja, o filho, além de submisso e obediente, precisa ser respeitoso.

 

Filho nenhum se revolta por ser disciplinado por um pai que o ama.

É importantíssimo MOSTRAR AMOR constantemente ao filho.

 

Duas observações finais:

1) Pais que não educam seus filhos corretamente se ARRISCAM a:

* Não ter o respeito e amor dos filhos.
 Ex: Adonias: 1Re 1.5-6

* Não dar continuidade à obra e ao nome do pai. Filhos de Samuel: 1Sm 8.1-5

* Irritam a Deus: Eli: 1Sm 3.13

 

2) O método divino vê além da educação humana; pois reflete realidades espirituais:

* Deus exige honra de Seus filhos

* Deus exige obediência irrestrita de Seus filhos

* Deus ama e disciplina seus filhos: Hb 12.5-9

Em suma: o pai que educa seus filhos segundo o método de Deus está facilitando muito ao filho entender os princípios de Deus.

 

A seguir, algumas DICAS no trato com os filhos.

 

Encerro com Pv 29.17.

Quem é fiel a Deus educando o filho segundo o método divino, pode descansar tanquilo e aguardar os benéficos resultados.

Que Deus nos ajude. Amém

Mauro Clark, 68 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2020
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2020 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b