PREGAÇÃO

Senhor, não abro mão da Tua presença! p.2 (Série ÊXODO 82)

Ex 33.4-6      42 minutos      06/06/2021         

Mauro Clark


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Senhor, não abro mão da Tua presença! p.2 (Série ÊXODO 82)
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior
 

Com a decisão de não ir, Deus manda Moisés orientar o povo a tirar os atavios.

... para que eu saiba o que te hei de fazer

NVI: ... e eu decidirei o que fazer com vocês.

Na pregação passada comecei perguntando: Se Deus ainda não sabia como agiria, como fica a onisciência dEle?

Ao responder, terminei digredindo, saí do texto e das anotações e falei de improviso sobre várias questões atuais da vida cristã.

 

Retomando:

Assim, mesmo tendo dito que não iria, é provável que, aos olhos de Moisés, parecia que Deus, mesmo remotamemte, admitia alguma alteração nos planos, dependendo da reação do povo.

E se Moisés pensou assim, estava correto!

 

Irmãos, Deus é extremamemte sensível às nossas reações.

É um Deus de coração mole. Por isso é que se autoqualifica de Deus perdoador.

Passagens agradáveis de ler: Is 55.7; Jr 29.11; Ex 34.6-7 (que veremos em breve)

Saibamos usufruir desse atributo dEle.

 

Moisés desce do monte (implícito) e conta tudo ao povo: Deus não iria mais.

... o povo pôs-se a prantear

O povo pranteou e tirou os atavios. (Ali encerrou o costume dos judeus de se enfeitarem.)

 

Interessante: parece que houve arrependimento sincero do povo.

Se não tivessem se arrependido, aquela teria sido ótima notícia:

“Ufa, ainda bem que Deus desistiu de ir conosco. Podemos ficar mais livres. E ainda nos garantiu dar a terra. Não seremos tão duramente castigados cada vez que errarmos.”

 

Muita gente pensa que é livre porque não têm compromisso com Deus e pode fazer o que tem vontade. Mas, na realidade, essa liberdade é para fazer o mal e se afastar ainda mais de Deus. Ou seja, a rigor, é uma escravidão aos próprios pecados.

Mesmo que deseje agradar a Deus, não consegue. Isso é lá liberdade?

Liberdade mesmo é querer e poder fazer somente o bem.

E essa liberdade só vem com o conhecimento da Verdade: Jo 8.32

E o conhecimento da Verdade, por sua vez, só vem com a aceitação a Cristo, que é a própria Verdade: Jo 14.6

 

O crente, portanto, está potencialmente livre do pecado: deseja fazer o bem e tem o Espírito Santo se dispondo a lhe capacitar.

Fazer o bem e agradar a Deus está plenamente ao seu alcance.

 

Voltando:

O fato é que os judeus não quiseram essa falsa liberdade e sim, a companhia de Deus.

Acharam má a notícia de Moisés e se entristeceram.

Eles queriam que Deus fosse com eles, mesmo correndo risco de serem consumidos.

 

Em qualquer situação, irmão, busque mais e mais a presença de Deus, mesmo que Ele se torne cada vez mais exigente com você.

 

Observação final:

v. 2 e 3: Enviarei o anjo adiante de ti... não subirei no meio de ti... porque tu és povo de dura cerviz... para que te não consuma.

 

Impressionante: Deus falava com Moisés como se estivesse falando com o próprio povo.

Seria o caso de Moisés dizer: “Mas, Senhor, eu não: o povo! Por favor, não confunda!”

Mas, aos olhos de Deus, Moisés se identificava tanto com o povo que Deus via um como se fosse o outro.

 

É empolgante imaginar Deus falando com um crente fiel:

- Você está com problema, não estou satisfeito com você!

- Mas, Senhor, eu sempre tenho muito cuidado em ser o mais fiel possível!

- Isto eu bem sei. Mas me refiro à sua igreja, ao corpo da qual você é membro e sempre luta e se preocupa com a saúde dela.

Ah, irmão, já pensou na honra de você ser tão identificado com a sua igreja diante de Deus, que Ele iria lhe “confundir”, como se estivesse falando com a igreja?

 

Que Deus nos abençoe! Amém

Mauro Clark, 69 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2021
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2021 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b