PREGAÇÃO

Ouvindo, entendendo e aprendendo (Série COLOSSENSES 3 de 30)

Cl 1.5-7      59 minutos      20/11/2016         

Mauro Clark


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Ouvindo, entendendo e aprendendo (Série COLOSSENSES 3 de 30)
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior
Na pregação passada comentei que Paulo agradecia a Deus por três coisas:

1. Fé em Cristo Jesus

2. Amor que tendes para com todos os santos

Enfatizei que, conforme o v. 8, esse amor era “amor no Espírito”, um tipo de amor exclusivo dos crentes, pois é derramado diretamente no seu íntimo pelo Espírito Santo, que ali habita.

Alguns crentes gostam de dizer que tem muita fé. Pois tratem de mostrar muito amor!

 

Interessante: Paulo OUVIU FALAR da fé e do amor dos irmãos.

Aliás, tinha de ser assim, pois nunca esteve pessoalmente em Colossos!

A notícia da fé e do amor dos irmãos se espalhou! Coisa bonita!

 

Que honra para nossa igreja se vier a ser conhecida pela fé e pelo amor!

E que honra para cada um de nós, pessoalmente.

 

Vejamos agora a 3ª. coisa pela qual Paulo agradecia a Deus quanto aos colossenses:

3. Esperança que vos está preservada no céu - v.5a

A rigor, seria algo como: “Esperança pelo que vos está preservado no céu”, ou seja, todas as maravilhas que a Palavra de Deus promete no céu.

 

A esperança que eles tinham de salvação, da maravilha futura no céu, do encontro com Cristo, tudo isso era procedente. Jamais seriam decepcionados.

Paulo vibrava tanto com isto que agradecia a Deus por ter dado tal esperança aos salvos.

Importante: essa esperança não é tipo “espero que”, mas “tenho certeza que”.

É o resultado natural de uma fé saudável: Rm 8.24 (lembra a definição de fé em Hb 11.1).

 

Mais uma coisa sobre essa esperança bíblica:

Ela é característica da fé cristã e escandaliza não crentes.

Em três cidades diferentes Paulo afirmou que estava preso por causa da esperança da vida eterna (que obviamente incluía a ressurreição), assim como a certeza do cumprimento das promessas de Deus a Israel, com a vinda do Messias, etc:

* At 23.6 (em Jerusalém)

* At 26.6-8 (em Cesaréia)

* At 28.20 (em  Roma)

 

É impressionante como Paulo coloca na esperança a causa das prisões dele.

Pode ser que um dia essa mesma esperança nos leve para a prisão!

 

E é difícil imaginarmos a maravilha do efeito que essa mesma esperança produz em nós hoje - em termos físicos, emocionais, psicológicos, espirituais.

Quer ter uma ideia? Experimente imaginar-se sem esta esperança, sem Cristo!

Um dos piores males do ser humano é a falta de esperança, de perspectiva.

Sejamos gratos a Deus por essa esperança-certeza, que não decepcionará.

 

Mas em que os colossenses baseavam essa esperança? Onde aprenderam sobre ela?

v.5b: Pela palavra da verdade do Evangelho

Essa é a fonte para o ser humano aprender as coisas.

Trata-se da Palavra de Deus, sem engano, sem ilusão, sem política, sem interesses escusos, sem rodeios, sem erro (como nos livros de ciência e história).

 

Amigo: você tem buscado o Evangelho visando aprender, mesmo se preciso abandonar velhas crenças e tradições e, dali em diante, basear nele suas mais íntimas convicções?

 

v.6-7: que chegou até vós... segundo fostes instruídos por Epafras

Como eles ouviriam de Cristo e da esperança no céu, etc., sem terem recebido o Evangelho? E tudo indica que receberam através de Epafras, talvez um dos fundadores daquela igreja, que estava preso com Paulo em Roma.

 

Irmãos, é incoerente falarmos entre nós maravilhas do Evangelho, mas não fazermos questão de divulgá-lo. Se nós o conhecemos, alguém nos trouxe.

E nos compete levar a outros, em termos pessoais e coletivo (missionários).

 

Mas para a salvação não é suficiente apenas ouvir o Evangelho, é preciso entender:

... ouvistes E ENTENDESTES a graça de Deus na verdade

Pregar é conosco. Mas dar a capacidade de entender a essência do plano da salvação, é exclusivamente com Deus! 1Co 2.14; Jo 6.44-45; At 16.14

 

Mas, após recebida a capacidade de entender, é preciso vir a INSTRUÇÃO.

Segundo fostes instruídos por Epafras

É a instrução bíblica que nos ensinará no que crer, como nos comportarmos, em suma nos dará base sólida e segura para nossa esperança do céu: 2Tm 2.2; 3.10, 14

Por outro lado, falta de instrução bíblica é problema gravíssimo no meio cristão: produz fé fraca, desvios, má prática cristã, etc: 2Tm 2.16-18

É por isso que damos tanta importância ao ensino da boa doutrina.

 

Voltando: ... como também em todo o mundo está produzindo fruto...

O Evangelho não era uma exclusividade dos colossenses: estava se espalhando.

E assim é até hoje, dois mil anos depois!

Pois façamos parte dessa bendita produção de frutos!

 

E você, amigo, que já está ouvindo o Evangelho, peça entendimento, vá a Cristo e torne-se também filho de Deus.

 

Que Deus nos abençoe. Amém

Mauro Clark, 69 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2021
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2021 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b