PREGAÇÃO

Sou protegido, super-protegido!

Sl 5      37 minutos      03/03/2013         

Mauro Clark


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Sou protegido, super-protegido!
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior


1 Dá ouvidos, SENHOR, às minhas palavras e acode ao meu gemido. 2 Escuta, Rei meu e Deus meu, a minha voz que clama, pois a ti é que imploro. 3 De manhã, SENHOR, ouves a minha voz; de manhã te apresento a minha oração e fico esperando. 4 Pois tu não és Deus que se agrade com a iniqüidade,     e contigo não subsiste o mal.    5 Os arrogantes não permanecerão à tua vista; aborreces a todos os que praticam a iniqüidade. 6 Tu destróis os que proferem mentira; o SENHOR abomina ao sanguinário e ao fraudulento; 7 porém eu, pela riqueza da tua misericórdia, entrarei na tua casa e me prostrarei diante do teu santo templo, no teu temor. 8 SENHOR, guia-me na tua justiça, por causa dos meus adversários; endireita diante de mim o teu caminho; 9 pois não têm eles sinceridade nos seus lábios; o seu íntimo é todo crimes; a sua garganta é sepulcro aberto, e com a língua lisonjeiam. 10 Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios planos. Rejeita-os por causa de suas muitas transgressões, pois se rebelaram contra ti. 11 Mas regozijem-se todos os que confiam em ti;    folguem de júbilo para sempre, porque tu os defendes; e em ti se gloriem os que amam o teu nome. 12 Pois tu, SENHOR, abençoas o justo  e, como escudo, o cercas da tua benevolência.
############

v.1-3

Minhas palavras, minha voz que clama, minha oração, meu gemido, imploro:

Davi torna extremamente pessoal e emotiva a sua oração.

É com muita força e presença que fala de si, do seu sofrimento

Talvez se sentisse frente a frente com Deus e precisando argumentar, defender suas idéias perante Ele.

 

Imagine-se sem comer há três dias, diante de alguém se banqueteando.

Como você pediria comida?

Não é sempre, mas às vezes nossas orações devem ser algo assim.

Parece que no dia em que escreveu esse salmo Davi estava nessas condições.

 

e fico esperando: bonito, não?

* Suas orações são mecânicas a ponto de você ficar sem esperar coisa alguma?

* Você espera, sim, mas durante dois dias... depois cansa?

A espera deve ser com ansiedade e pelo tempo que for necessário.

 

Os problemas com os inimigos deviam estar agudos com Davi, pois logo se lembra deles, pára de falar na oração em si e passa a se referir aos ímpios, contrastando com ele próprio e com os que são de Deus.

 

v.4-6

Ao falar da sua própria atitude perante Deus, Davi deve ter se lembrado dos homens ímpios e mostra plena consciência que eles não são aceitos por Deus.

 

Aqui temos informações de alto valor teológico sobre a Pessoa de Deus:

* não se agrada com a iniquidade

* o mal não subsiste perante Ele

* os arrogantes não permanecem perante Ele (serão banidos da Sua presença)

* além de não se agradar com a iniquidade, Deus ainda aborrece os que a praticam

* destrói os que praticam a mentira

* abomina ao sanguinário

* abomina ao fraudulento

 

Agora, se Davi estivesse ensinando numa sala de aula, ou pregando para alguém, teria sentido em falar tantas coisas sobre Deus. Mas ele estava falando com o Próprio!

Será que havia sentido em falar de Deus para o próprio Deus?

No sentido em que Deus precisa ouvir isso, não.

Mas há dois excelentes motivos:

a) Deus gosta!

b) Edifica a alma falar de Deus para qualquer pessoa, inclusive para Ele mesmo! Experimente!

 

v.7

Contraste entre os ímpios e o próprio Davi.

Ao contrário do ímpio, que não permanecerá perante Deus, Davi entrará na casa dEle e se prostrará perante Ele. (Refere-se ao lugar onde a arca estava ou ao próprio céu).

 

Duas observações:

* O acesso de Davi a Deus não é por mérito, mas pela pura misericórdia de Deus

* Davi entra na casa Deus não por ser igual a Ele, mas para adorá-Lo.

Há uma distância infinita entre Davi e Deus.

Mesmo o crente mais íntimo do Senhor Jesus Cristo, sabe desta distância. E não confunde intimidade com tomar liberdade.

 

v.8-10

Pede justiça divina e caminhos aplanados (corrig.) e retos.

E novamente passa a falar do ímpio.

Descrição de quem não tem Deus:

* insincero

* interior maldoso, projetos ruins

* garganta é como sepulcro aberto: blasfêmias, arrogâncias, mentiras (Rm 3.13)

* bajuladores

Não é difícil percebermos que essas características não eram apenas da época de Davi!

 

Davi se empolga e pede ação direta de Deus contra eles:

declara-os culpados, rejeita-os

 

Devemos orar assim, pedindo que Deus castigue os ímpios?

Creio que devemos evitar. A revelação do NT Deus mudou essa maneira de encararmos os inimigos, os ímpios:

* 2Tm 4.14: Paulo apenas diz que Deus dará paga, não pede.

* 2Ts 1.5b-6: veja o cuidado com que o apóstolo fala

* 1Tm 1.20: novamente não pede que Deus faça alguma coisa. O próprio Paulo tomou providência. Não sabemos exatamente como foi, para parece que ao disciplinar, é como se estivesse devolvendo para a esfera de Satanás (talvez com sofrimento físico).

* 2Pe 2  e Jd: não pedem nada a Deus apenas atestam a reprovação dos falsos mestres.

 

v.11-12

Novo contraste, voltando a falar não apenas dele próprio, mas de TODOS os que agradam a Deus.

Característica dos que confiam em Deus: regozijo e júbilo.

A propósito, você se sente assim?

 

Os que amam o nome de Deus podem se gabar à vontade: nEle!

 

Final, três ações de Deus a favor dos que O temem: 1) defende, 2) abençoa e 3) cerca de benevolência, como um escudo.

A propósito, você se sente tão protegido a ponto desta sensação influenciar o seu humor, o seu estado de espírito?

Mesmo com todos os seus problemas, você se sente alegre e feliz?

 

Que Deus nos abençoe. Amém

Mauro Clark, 69 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2021
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2021 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b