PREGAÇÃO

Que maravilha, temos paz na igreja!

Ef 4.3      36 minutos      03/01/2016         

Mauro Clark


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close Que maravilha, temos paz na igreja!
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior


3 esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz...
###########

 

Quando se pensa na característica mais importante de uma igreja, vem à mente a UNIÃO (baseada em boa doutrina). E está certo!

Mas há uma 2ª. característica, interligada e até confundida com a 1ª, mas que não é a mesma coisa: PAZ.

Aqui vemos as palavras “unidade” e “paz” juntas.

vínculo: συνδεσμος sun (com) + desmos: laço, atadura: aquilo que liga, junta.

A paz é a cola que junta os irmãos, fazendo-os unidos.

Paz garante ambiente tranquilo, onde florescerá a união. Sem paz, não há união na igreja.

E nesta 1a. Ceia do ano quero enfatizar esta bela virtude de uma igreja, PAZ.

 

Alguns pontos:

1. A paz não é sempre alcançada de maneira natural e agradável.

Algumas vezes é preciso esforço.
A própria Bíblia reconhece isto:

Ef 4.3: esforçando-nos diligentemente

1Pe 3:11: empenhar: διωκω dioko: correr para alcançar, perseguir

Rm 12.18: se possível, quanto depender
Expressões que mostram esforço, meta a alcançar mesmo a alto custo

 

Somos diferentes uns dos outros, discordamos em alguns pontos e às vezes as próprias personalidades não combinam bem.

A tendência é atrito, indisposição e adeus paz!
Mas aí descobrimos que Bíblia manda SUPORTAR uns aos outros: Rm 15.1; Ef 4.2
E se eu resolvo suportar o irmão, não vou brigar com ele, vou ter paz.
(Esse suportar NÃO significa aguentar tudo calado. Se o irmão me ofende, devo tratar).
Graças a Deus por cada um que se esforça para ter paz, luta, ora, se empenha.

Vale a pena o esforço. Os resultados são tão gostosos!

2. Nossa paz indica que não estamos querendo DISPUTAR PODER uns com os outros.
Não temos aqui interesses de grupinhos, da turma do irmão A contra a do irmão B.

Sabemos bem que TODOS devem servir à igreja, que pertence ao mesmo Dono.
Aliás, Jesus quer não apenas que nos consideremos servos dEle e CONSERVOS uns dos outros, mas SERVOS UNS DOS OUTROS: Mt 20.25-28
Talvez não tiramos 10 neste ponto, mas a paz mostra que estamos no caminho certo.

3. Nossa paz indica que não uns querendo mostrar que são melhores que os outros.

Ótimo! Exatamente como Deus deseja: Fp 2.3; Rm 12.3

Quantas igrejas sofrem com essas coisas.

4. Não devemos pensar que somos uma igreja muito especial e merecedora de grandes elogios de Cristo pelo fato de termos paz. Ele MANDOU, é nossa obrigação! Mc 9.50

5. Paz é uma das grandes marcas do reino de Deus: Rm 14.17
É gostoso comprovar que estamos exibindo essa bendita marca.

6. Embora seja importante nos DECIDIRMOS e nos ESFORÇARMOS para ter paz, de fato a paz que há ENTRE nós é produto da paz que existe DENTRO de cada um de nós.

E essa paz interna é dada por Cristo, através do Espírito Santo: Jo 14.27; Gl 5.22 (fruto).
Temos paz? O crédito é de Cristo! E é a Ele que devemos pedir que assim continue.

 

Tenhamos como ALVO para 2016 o que está contido em Rm 14:19: continuarmos seguindo as “coisas da paz e também as da edificação de uns para com os outros.”

 

Que Deus nos abençoe. Amém

Mauro Clark, 69 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2021
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2021 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b